Branding e Negócios: Extra Eletro, Ponto Frio ou ambos?

Matéria no site Supermercado Moderno destaca opinião do consultor de branding e fundador da GlobalBrands, José Roberto Martins, sobre a compra do Ponto Frio pelo Pão de Açúcar. Acompanhe abaixo, ou direto no site Supermercado Moderno.

Após a aquisição da rede Ponto Frio pelo Grupo Pão de Açúcar (GPA), pelo menos uma dúvida permanece entre os analistas de varejo: a bandeira recém incorporada será mantida? José Roberto Martins, fundador da GlobalBrands, explica que esse trabalho de análise e transição de marcas não costuma durar menos de um ano. O consultor lembra, no entanto, que tem sido comum no varejo o “arquivamento” de marcas. “Manter mais de uma bandeira com características parecidas significa mais custos de marketing, o que as empresas têm evitado”, afirma.

Cláudio Galeazzi, diretor presidente do GPA, afirmou ontem que a princípio será mantido o nome Ponto Frio. Para o futuro, porém, o consultor da GlobalBrands acredita que a empresa optará por apenas uma das bandeiras: Extra Eletro e Ponto Frio. Martins ressalta ainda que, em casos como esse, há organizações que decidem manter uma das marcas apenas onde ela é mais forte – no caso do Ponto Frio, o estado do Rio de Janeiro.

Com o negócio anunciado ontem, o Grupo Pão de Açúcar passa a ter 26% de sua receita provenientes da venda de eletroeletrônicos, itens de linha branca e móveis. Esses artigos só perdem em participação para os produtos de mercearia, donos de 39% da receita da companhia. Na seqüência aparecem os perecíveis, com 23% de participação, os itens de bazar (10%) e, por fim, os têxteis, com representatividade de apenas 2%.

Matéria original no site Supermercado Moderno, no artigo Extra Eletro, Ponto Frio ou ambos?

Share
Close Menu